Sofitel Lisbon Liberdade

Quando a tradição e o glamour se cruzam

 

A junção sábia entre o “Savoir Faire “ francês e a tradição portuguesa de receber calorosamente, resultam num sofisticado hotel de 5 estrelas no coração de Lisboa.

 

Ocupando cerca de 13 mil metros quadrados, na nobre e distinta Avenida da Liberdade, o projecto esteve a cargo do Gabinete de Arquitectura “Nuno Leónidas Arquitectos” tornando-o num hotel de características francesas. Há 6 anos foi renovado e teve o cunho dos designers de interior Marc Hertrich e Nicolas Adnet, trazendo o equilíbrio entre a cultura e tradição portuguesa, com um estilo contemporâneo de new luxury style Hotel: contemporâneo e clássico, inovador e elegante.

 

Toda a decoração do hotel é determinada por 3 cores: vermelho, dourado e castanho escuro, criando um ambiente sofisticado. O vermelho do vinho do Porto, um dos mais ricos e famosos produtos internacionais de Portugal, o dourado com raiz na famosa Época dos Descobrimentos e o castanho escuro referente ao mobiliário tradicional de madeira escura. Ao entrar deparei-me com todo estes tons quentes e um ambiente muito acolhedor. Fui recebida pela directora do hotel, onde no Bar Intra-Muros saboreamos um porto vintage. Um bar e biblioteca, muito calmo e reservado que convida a um boa conversa ou à leitura de um dos seus livros.

 

Os 171 quartos estão distribuídos pelos 9 pisos, garantindo assim uma maior privacidade. Todos os quartos, incluindo as 6 suites, são espaçosos, muito confortáveis e com muita luz natural. Subi ao 6º piso, abri a porta e lá estava o meu quarto impecável à minha espera. A fruta fresca, a cama myBed de penas, a máquina de expresso e chá, a varanda sobre a praça da alegria fazem daquele espaço o local ideal para descansar, ver um filme na deliciosa cama ou mesmo para trabalhar. Fiz um chá, levei-o para a varanda e ali fiquei por momentos, a apreciar a nossa cidade…e que bonita que é!

 

↓ MOSTRAR MAIS ↓

É bom sentirmo-nos turista na nossa própria cidade. Desci o elevador e fui para a Avenida como se fosse a primeira vez. Percorrer a Avenida a pé até ao Rossio, com olhos de ver, foi uma sensação muito gratificante. As lojas de recordações, as esplanadas, observar as nossas estátuas e situá-las na nossa história, observar os outros turistas e sentir-me um deles, é uma experiência a repetir. Se é de Lisboa, deixe o carro em casa e vá de transportes públicos, se vive fora de Lisboa e vem de carro, estacione-o no parque do hotel Sofitel e esqueça-se dele. Percorrer a cidade a pé, é a única maneira de a sentir e de a ficar a conhecer. Parta à aventura na sua própria cidade ou, se for de fora, do seu país. Apreciar Lisboa como quando vamos de férias para fora e nos predispomos a explorar uma cidade, é um desafio que lhe deixo. Lisboa é uma cidade magnífica, mas não se esqueça, você é um turista e como tal vai saborear a cidade como tal. Com um olhar calmo que aprecia o que o rodeia, não o olhar embaciado do dia-a-dia, da correria, do stress, das preocupações, esse não deixa ver a beleza das coisas. Já sabe, guarde uns dias, instale-se no Sofitel Avenida da Liberdade e vá á descoberta do que é nosso, que vale bem a pena.

 

Regresso à minha casa temporária, para um banho revigorante antes de jantar. Os produtos de acolhimento da marca Hermés e L´Occitane com uma fragrância única são mais um dos mimos do hotel.

 

O jantar estava marcado para as vinte horas, no restaurante do hotel AdLib e o Chef Daniel Schlaipfer deu-nos as boas vindas. Sentámo-nos numa mesa junto à janela para continuar a apreciar a cidade. As mesas estavam praticamente todas ocupadas, na sua maioria por estrangeiros que estavam no hotel, mas também, para um jantar especial, por clientes que não estavam no hotel. O ambiente é requintado e o cardápio muito tentador. Para a entrada, uma salada mediterrânica em folha de brick e camarão com tempura, seguiu-se um filete de dourada ao vapor com couscous e espuma de carril, muito bem acompanhado, com um vinho do Douro – Branco da Gaivosa e para terminar um gratinado de maracujá da Madeira e gelado de piña colada. Sem dúvida uma cozinha autêntica e sofisticada que alia o melhor de França à gastronomia portuguesa. Ao fim-de-semana delicie-se com o brunch das 12h às 14:30.

 

Para manter a forma o hotel tem um centro fitness. Oferece também 9 salas de reuniões, um bussines center e é o local ideal para eventos, pois todas as áreas são ajustadas às necessidades dos clientes.

 

As crianças também não foram esquecidas, para isso foi criado um programa “Magnifique Family” para viagens em família. As crianças são transportadas para o seu imaginário, tornando-se durante a estadia em verdadeiros “Principezinhos”. Recebem um diário de viagem, para escreverem sobre as aventuras e descobertas da viagem,  Poderão começar: “As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para os viajantes, as estrelas são guias. Para outros, não passam de luzinhas. ..”. Continuam no fabuloso mundo de Saint-Exupéry e possivelmente guardarão o diário como uma boa recordação da infância.

 

Razões suficientes para querer conhecer este luxuoso cantinho no coração de Lisboa.

 

Fotos

Mapa